domingo, outubro 12, 2008

Não fique aí fazendo alguma coisa. Sente-se!

Muitas vezes dizemos a nós mesmos, " Não fique aí sentado, faça alguma coisa!". Quando praticamos a plena consciência, porém , descobrimos que o contrário pode ainda ser mais valioso: "Não fique aí fazendo alguma coisa. Sente-se!". Precisamos aprender a parar de vez em quando a fim de ver com nitidez. A princípio, "parar" pode parecer uma "resistência à vida moderna", mas não se trata disso. "Parar" não é só uma reação; é um estilo de vida. A sobrevivência da humanidade depende de nossa cpacidade de desacelerar. Temos mais de 50.000 bombas atômicas e, mesmo assim, não conseguimos parar de fabricar mais. "Parar" não significa um basta ao que é negativo, mas também permitir que se realize uma cura positiva. É esse o propósito da nossa prática - não evitar a vida, mas experimentar e comprovar que a felicidade é possível agora e também no futuro.

3 comentários:

Adriano Paiva disse...

ja parei de ficar fazendo coisas atoa...
e parei pra apreciar a vida mais um pouco...o não-agir por meio do agir...
obrigado pelas palavras

Samuel Cavalcante disse...

eu também tentei fazer muita coisa fazendo, ainda estou aprendendo a não fazer...
obrigado

marli borges disse...

Durante mtos anos fiz mtas csisas e não tinha tempo pra parar...Felizmente aprendi lendo THICH NHAT HANH.
Obrigada por me ensinar...