quarta-feira, dezembro 06, 2006

Interdependência e Compaixão

Na antigüidade as pessoas caçavam para alimentar a si mesmas e sua família. Elas o faziam para viver. Elas não matavam para se divertir. Nos dias de hoje, algumas pessoas caçam por prazer. A interdependência de todas as coisas não é um jogo filosófico afastado da vida espiritual e prática. Ao trazer à tona a interdependência de todos os fenômenos, o meditante passa a perceber que as vidas de todos os seres são uma só, e ele se vê invadido pela compaixão por todos. Quando voc sentir esse amor, saberá que sua meditação está dando frutos. Ver e amar sempre caminham de mãos dadas. Ver e amar são um só. O entendimento superficial acompanha a compaixão superficial. O grande entendimento acompanha a grande compaixão.

Thich Nhat Hanh - O Sol Meu Coração

2 comentários:

heide disse...

Querido Samuel,
-^- shanti!

Posto mãos em respeito a ti e pela oportunidade de mais um espaço de prática.

Doravante frequentarei.

Expiro,inspiro e agradeço.

Samuel Cavalcante disse...

Muito obrigado, Heide
Sei que muitas pessoas dependem da internet para ter acesso a informações e a referências, são poucos os lugares de prática (ainda) ... espero estar ajudando a estas pessoas...
em breve, teremos um grupo em fortaleza, portanto o caráter do blog tende a mudar um pouquinho...